Menstruação atrasada: o que pode ser? O que fazer?

1 Resposta

De repente você se dá conta de que tem a menstruação atrasada. Bate o desespero. O primeiro que a mulher pensa é que está grávida. Especialmente aquelas que tem a vida sexual ativa, claro. O que devemos saber é que há uma série de causas que podem levar à alteração do ciclo menstrual, o que pode levar ao atraso ou mesmo à ausência da menstruação em um determinado período. 

Quanto tempo pode atrasar a menstruação?

O atraso menstrual pode durar de 1 a 5 dias e, inclusive, de 1 ou 2 meses e, diante dessa situação, é importante acudir ao médico, especialmente se a ausência de menstruação ultrapassa os 3 meses e você não está grávida. Através de exames médicos, será possível identificar a causa a ser tratada. Provavelmente, solicitará um hemograma completo, com análise dos níveis de progesterona e de prolactina, para tentar identificar a causa e colocar o tratamento mais adequado.

Quanto tempo de menstruação atrasada pode ser gravidez?

Desde que atrasa um dia, caso você tenha ciclos menstruais regulares, é possível que esteja grávida. Se estiver tentando engravidar, há testes de farmácia que detectam a gravidez antes mesmo do atraso menstrual. Se você não está tentando, mas teve relações sexuais durante o ciclo, em especial nos dias férteis, ao notar o atraso menstrual, realize o teste de farmácia. 

Se realizar ao menos 2 testes de gravidez no último mês, com um intervalo de 7 dias entre a prova e o resultado foi negativo, é bem provável que não seja por causa de uma gravidez e o atraso da menstruação, poderia dever-se a outras situações.

Estou grávida? 

Se você fez sexo sem proteção durante o seu período fértil, que costuma ser pelo 14º dia do ciclo), é possível que você esteja grávida. Em geral, para mulheres com ciclos regulares, o atraso pode ser o maior indicativo de que pode estar grávida. Além disso, outros sintomas podem ajudar a reconhecer. São eles:

  • Enjoos e vômitos
  • Cansaço frequente
  • Sensibilidade nos seios
  • Vontade de urinar frequente

Você pode realizar o teste de farmácia para tirar a dúvida. Há vários testes no mercado que identificam a gravidez mesmo antes do atraso. Então, fez sexo sem proteção e tem dúvidas, recorra primeiro ao teste. Se da positivo, é recomendável que faça um exame de sangue (BetahCG) para confirmar. 

O que pode ser além de gravidez?

Você não está grávida. Ainda assim tem a menstruação atrasada. O que pode ser? Há várias causas que justificam o atraso ou ausência temporal da menstruação. Veja alguma delas:

1. Início recente do ciclo menstrual

Se sua primeira menstruação (menarca) ocorreu há pouco tempo, é normal que seu ciclo seja irregular durante os primeiros anos. Essas alterações menstruais são habituais até nos dois primeiros anos de menstruação, porque o sistema reprodutor feminino ainda está em fase de maduração.

2. Síndrome de Ovários Policísticos

Mulheres com SOP (Síndrome dos Ovários Poliquísticos) apresentam, frequentemente, menstruação irregular, já que produzem andrógenos (hormônios masculinos) em excesso. É muito comum que a mulher vivencie períodos com menstruação atrasada e ausência completa de menstruação em um determinado mês.

3. Hipotiroidismo e hipertiroidismo

Um mal funcionamento da tireoide (hipotireoidismo) ou um trabalho em excesso (hipertiroidismo) também pode ser causa de distúrbios no ciclo menstrual. Quando o problema não estiver controlado, pode levar à amenorreia. E, mesmo que controlado, podem se dar os atrasos menstruais.

4. Estresse e ansiedade

O ciclo menstrual pode ser influenciado, facilmente, por fatores externos ao sistema reprodutivos. Enfrentar situações emocionais que possam causar estresse ou ansiedade excessiva é o suficiente para atrasar sua menstruação por alguns dias. Isso porque o estresse e a ansiedade afetam, negativamente, sua produção hormonal, regulada pelo hipotálamo, uma parte do cérebro. O mesmo estresse pode ser responsável pela não incidência da ovulação durante um determinado período menstrual.

5. Menopausa e Climatério

A menopausa é frequente entre os 45 a 55 anos de idade da mulher. Ainda assim, há mulheres que vivem a menopausa precoce, antes mesmo de chegar aos 45 anos. Um dos sintomas da falha ovárica iminente é a irregularidade do ciclo menstrual e a ausência de ovulação em determinados meses. Se você tem mais de 35 anos e seu período começa a atrasar muito, consulte seu médico.

6. Distúrbios alimentares e Magreza excessiva

A falta de tecido gorduroso também pode prejudicar a normalidade do ciclo menstrual, pois reduz a capacidade do corpo feminino de produzir estrógeno. Entram nesse caso, mulheres que sofrem de anorexia ou fazem dietas extremas, tipicamente, não ovulam todo mês. Logo, apresentam atraso na menstruação e risco de amenorreia.

7. Mudanças recentes no peso corporal e Obesidade

Essas são variações da situação anterior. Ganhar muito peso ou perder em pouco tempo pode acabar por interferir na ovulação e desregular o ciclo menstrual.

No caso da obesidade, mulheres com sobrepeso tem uma massa de tecido adiposo grande e acabam produzindo mais estrógenos do que o necessário. Em excesso pode inibir a liberação do óvulo, fazendo com que a mulher tenha períodos anovulatórios.

8. Interrupção do uso de pílula anticoncepcional

As mulheres que tomam pílula anticoncepcional oral de forma adequada, menstruam regularmente. Entretanto, se passados anos de uso, você decide deixar de toma-la, pode ocorrer de que o seu ciclo menstrual natural demore um tempo em se normalizar. Há casos de mulheres que entram em amenorreia (ausência de menstruação) e ficam meses sem ovular depois de interromper o uso do anticoncepcional.

Daí que seja comum as mulheres demorarem mais a engravidar quando antes fizeram uso da pílula. No entanto, não há com que se preocupar. Em geral, a menstruação volta ao normal, não havendo risco de infertilidade. Isso pode demorar entre 3 a 6 meses. 

9. Infecções ou doenças

Estar doente pode ser causa de atraso menstrual. E não faz falta que seja algo grave. Doenças comuns como a gripe, ou infecções como a cistite ou amidalite podem ser suficientes para alterar o ciclo menstrual, atrasando o período por alguns dias.

Do mesmo modo, alguns medicamentos prescritos para a cura dessas infecções ou doenças podem influenciar no ciclo hormonal. Por exemplo antipsicóticos, corticoides, antidepressivos, imunossupressores, anti-hipertensivos ou quimioterapia. O uso de antibiótico, entretanto, não provoca atraso menstrual. 

10. Hiperprolactinemia

Ocorre quando a mulher produz prolactina (hormônio responsável pela produção do leite) em excesso. Nesse caso, a mulher está amamentando o bebê recém-nascido. O que ocorre aqui é uma amenorreia transitória devido à inibição da ovulação, causada pelos hormônios responsáveis pela produçãoo do leite materno. Em geral, a menstruação volta tão logo comece o desmame.

11. Excesso de atividade física

O foco em um corpo escultural pode acabar por causar alterações menstruais. Aqui estamos nos referindo às mulheres esportistas profissionais (triatletas, nadadoras de competição, maratonistas, ginastas, entre outras modalidades). O gasto calórico elevado, o estresse dos treinamentos intensos e a baixa taxa de gordura corporal são os responsáveis pelas alterações do ciclo menstrual. 

12. Erro de cálculo

Mulheres com ciclo menstrual irregular podem encontrar dificuldade para calcular o dia que a menstruação deveria chegar. Muitas vezes pode pensar que tem a menstruação atrasada, quando somente virá 2 ou3 dias depois do calculado. E, mesmo mulheres com ciclo regular, podem ter um atraso sem qualquer motivo real.

13. Amenorreia

A amenorreia, como já mencionado, se caracteriza pela ausência da menstruação. Não é um atraso, mas bem uma ausência temporal. Pode se dar por distintas causas, entre as quais se destacam os problemas uterinos, ováricos e, inclusive, das glândulas cerebrais que controlam a produção de hormônios sexuais, tais como a hipófise e o hipotálamo.

Portanto, se você não está grávida e a sua menstruação foi interrompida por bastante tempo, é preciso que consulte seu ginecologista, a fim de investigar a possível doença oculta que está bloqueando sua capacidade de ovular.

O que fazer para descer a menstruação atrasada? 

Se você não está grávida, e o médico identificou a causa do atraso, é importante que tenha em conta as recomendações prescritas. Ainda assim, dependendo do que estiver causando a menstruação atrasada, tenha em conta mudar alguns hábitos: 

  • Reduzir a intensidade de exercícios físicos
  • Reduzir o estresse, tentando manter a calma
  • Manter uma alimentação equilibrada, rica em vitaminas e minerais, evitando a realização de dietas restritivas
  • Manter o peso ideal
  • Tomar pílulas anticoncepcionais, sempre que recomendadas pelo médico

O que tomar para descer a menstruação atrasada?

O tratamento para ciclos menstruais irregulares será prescrito pelo ginecologista dependendo de sua causa. Há alguns remédios caseiros que podem ser eficientes e ajudar a que a menstruação desça. Por exemplo, chá de canela ou chá de sálvia.

Respondido por Karina de Freitas há 26 dias
5 votos positivos
Perguntas relacionadas
Minha menstruação está atrasada há 4 dias. Costumo ser regular. Quanto tempo devo esperar para fazer o teste de farmácia? O que fazer para evitar os gases durante a gravidez Fiz o teste de farmácia ontem e estou grávida. É seguro ou tenho que voltar a repetir? O que fazer se esqueceu de tomar a pílula por 1 dia? Corrimento branco: o que pode ser? Por que o bebê fica com a cabeça quente, mesmo sem febre? É verdade que as mulheres fazem coco durante o parto? O que é Nidação? Quando ocorre? E outras perguntas frequentes. Que tipo de exercício físico pode fazer durante a gravidez e com que intensidade? Anisocitose na gravidez - O que é, sintomas, causas, tipos e tratamento Tive relações sexuais com meu marido e, no dia seguinte, ao fazer xixi, saiu um tom rosinha, seguido de um fluxo marrom. Por que ocorre isso? Na última ultrassonografia, o médico disse que tudo está bem, mas que o bebê tem dois cistos no cérebro. Estou angustiada. Será grave? Como sei se o que noto é meu bebê se mexendo e não gases ou movimento da barriga? Quando não pode fazer sexo durante a gravidez? Estou grávida de 30+4 semanas. Estou preocupada porque, durante as medições, o médico constatou que a cabeça do bebê tem medidas de quatro semanas mais. Pode ser que tenha alguma anomalia? Pode haver erro de medição?